quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Glee 1x10: Ballads (Resenha)


O Poder de uma balada Romântica
O décimo episódio de Glee não foi tão espetacular quanto o da semana passada e a ausência de Sue Sylvester com certeza fez falta, mas as ótimas atuaçôes dos atores e a seleção de músicas escolhidas garantiram um bom episódio e não deixou a desejar.

Com a chegada cada vez mais próxima da competição musical, Will Shuster decide treinar baladas românticas com seus alunos ao fazer um sorteio entre possíveis duetos que incluem entre eles Kurt e Finn além dele com Rachel. O professor canta com a aspirante a diva a famosa balada "Endless Love" de Diana Ross e Lionel Richel fazendo com que ele vire alvo da paixão de Rachel. Aliás, a cena da sequência musical de "Endless Love" é hilária pois não só mostra o dueto da música mas também o que cada aluno do clube Glee está pensando naquele momento através de voice-overs. As expressões faciais de Rachel e Will também são ótimas pois o professor nota que Rachel está olhando para ele de maneira estranha.


Enquanto isso Finn e Quinn lidam com os próprios problemas em relação a gravidez de Quinn, o que faz com que Kurt que também tem uma paixão por Finn, dê conselhos ao jogador de futebol na tentativa de cair nas boas graças dele. Kurt sugere com que Finn cante "I'll Stand By You" dos Pretenders (Uma das minhas músicas favoritas!) como se a futura filha dele estivesse na platéia assistindo. Linda a cena. Corey Monteith tem uma bela voz. Só fiquei com pena de não poder ter visto o Kurt cantar "I Honestly Love You" (O que me faz lembrar de outro personagem gay relacionado a essa música, o Will Truman de Will & Grace que cantou essa música em um episódio).  De qualquer jeito, eu gostei da amizade desenvolvida pelos personagens nesse episódio. Não só lidou com a paixonite de Kurt por Finn de maneira realista como também mostrou uma possível nova amizade entre os membros do clube Glee. Depois, é bom ver o Kurt conversando com os rapazes de vez em quando, já que ele fica praticamente só com as meninas já que como ele mesmo falou em "Vitamin D", o coração dele pertence as garotas. :D

Com os problemas relacionados a gravidez de Quinn, Finn acaba revelando tanto para sua mãe quanto para os pais da namorada, que Quinn está grávida. Bom, seria meio impossível não descobrirem do jeito que Finn fez a grande revelação. Cantar para uma imagem de um sonograma e cantar a música "You're Having My Baby" de Paul Anka deixaram bem claros sobre o que estava acontecendo na vida dos adolescentes. Isso acabou gerando uma briga com os pais de Quinn que a expulsaram de casa fazendo com que ela vá morar na casa de Finn por algum tempo. Pelo menos a mãe dele foi legal a respeito, dando o apoio que tanto ele quanto ela precisavam no momento.

                                        
Falando em problemas, Will está tendo uma boa dose deles nessa semana por causa de Rachel e sua paixão por ele. Ele tenta dissuadi-la da paixão cantando para ela "Don't Stand So Close to Me" do The Police, que é perfeita para a situação mas passa despercebida pela aluna e também por Emma que tentou ajudar mas o carisma e charme do jovem professor acabam com o plano dele. Rachel acaba indo até a casa de Will para mimá-lo cozinhando para ele e limpando seu banheiro (Graças a esposa dele Terri, que resolve tirar proveito da situação) Rachel tenta cantar a música "Crush" de Jennifer Paige mas é interrompida pela professor antes de terminar. Will lembra a Emma anteriormente que já havia tido um problema anterior com a aluna Suzie Pepper que também se apaixonou por ele há alguns anos atrás e a coisa ficou feia quando ela comeu uma das pimentas mais quentes existentes fazendo ela ficar em coma por três dias e ter sido submetida posteriormente a um transplante de esôfago. Will tem medo de magoar Rachel e a história acabar se repetindo como aconteceu com Suzie. A própria Suzie aconselha Rachel a respeito do amor impossível entre ela e o professor e Rachel acaba notando que o relacionamento deles não pode passar de aluno/professora.

A cena final foi bastante emocionante. O clube Glee faz uma surpresa para Quinn e Finn cantando uma balada romântica para eles dizendo que eles os apoiam em relação ao bebê e que estão presentes se eles precisarem de um ombro amigo. A execução da música "Lean on Me" de Michael Bolton puxada por Mercedes e Artie além do resto do Clube Glee. Aliás, muito legal terem dado mais solos para esses dois, afinal de contas ambos tem talento. Mas ainda estou esperando por um solo novo do Kurt. De qualquer jeito, a cena foi bastante emocionante, tanto que me fez chorar já que a música é linda demais.

Resumindo, não foi um dos melhores episódios da temporada na minha opinião mas foi um bom episódio com  ótimos momentos que são importantes para a direção do final da mid-season daqui há três episódios. Ainda bem que a série foi renovada para vinte e dois episódios ou seria uma pena ter que ver somente treze episódios nessa temporada.

Músicas tocadas no episódio: Endless Love cantada por Will e Rachel, I'll Stand by You cantada por Finn, Crush cantada por Rachel, You're Having my Baby cantada por Finn e Lean on Me cantada pelo Clube Glee.

2 comentários:

carlos thebayô disse...

acho que ha um erro ai!!!
que eu me lembra tambem foi cantada a musica young girl!!!

thaisa disse...

Obrigaaada Carlos! Eu estava a procura dessa música. E vc a citou. *.*